A skatista Jéssica Hoefler é uma das responsáveis por fomentar o skate onde reside, no município do Guarujá, em São Paulo. Além de ser presidente da Associação de Skate do Guarujá, ela é instrutora na Escolinha de Skate “O Novo Amanhã”. O projeto funciona na Skate Club, pista de skate de madeira construída em janeiro de 2014 pelo irmão dela, Kelvin Hoefler, e família, para ajudar a fortalecer o skate local. Na pista, também conhecida como Centro de Treinamento Kelvin Hoefler, a Jéssica, junto com outros instrutores, atende cerca de 65 crianças e adolescentes da cidade que aprendem na teoria e prática a essência do que é skateboard. As aulas são realizadas de segunda a sexta na Skate Club e são bem dinâmicas. Conheça um pouco mais do trabalho dessa skatista.

Desde quando você é instrutora na escolinha e de que forma você começou esse trabalho?

Sou instrutora de skate praticamente desde a inauguração da Skate Club, em janeiro de 2014.

Quem participa das aulas?

Dou aulas para crianças e adolescentes que têm o desejo de aprender a andar de skate. Até pouco tempo atrás as aulas eram pagas. Recentemente conquistamos uma subvenção da Prefeitura do Guarujá e estamos implantando um projeto para 40 crianças e adolescentes (de 4 a 17 anos de idade) das escolas municipais e/ou estaduais, utilizando o período extraclasse para a prática esportiva.

E de que forma você administra as aulas?

As aulas do projeto são de segunda a sexta, nos períodos manhã e tarde. Aos sábados também temos aulas, porém pagas. Vale ressaltar que todas as aulas são ministradas na Skate Club.

Elas são muito dinâmicas. Tem a parte do alongamento antes e depois da prática esportiva, a parte de instrução de manobras e auxílio na execução. Também temos a teoria com explicações, exemplos e tudo mais.

Para quem está começando no skate, o medo é algo presente. Como você trabalha essa questão com os alunos?

O medo está presente em quase tudo de novo que iremos fazer. Porém, durante as aulas, é obrigatório o uso de equipamentos de segurança (salientamos e incentivamos a importância e uso de cada item). Além disso, seguramos nas mãos dos alunos, damos exemplos, corremos bastante para acompanhar o aluno no skate e seguramos o máximo possível para não haver quedas, mas é inevitável. Skate é um esporte de risco e, por mais que utilize os equipamentos, sempre haverá quedas e hematomas. O importante é não desistir se realmente gosta do esporte.

FOTO 1_ok

Após a construção da pista, as aulas da escolinha, quais foram as mudanças no cenário do skate no Guarujá?

Os números de skatistas e adoradores do esporte na cidade cresceram. Com a construção da Skate Club, que é a única pista de skate de madeira da cidade, ela se tornou uma referência para todos e um local para qualquer pessoa praticar o esporte e se divertir com a família e amigos. Muitos skatistas também solicitavam a realização de eventos e, sempre que temos a oportunidade de realizar, é sucesso e satisfação garantida para todos os skatistas do Guarujá.

De que forma você acredita que a escolinha te ajuda em relação a entender mais o skate?

Após o início da escolinha pude entender um pouco mais sobre as manobras, o detalhe de cada uma para realizar a execução perfeita, principalmente, das minhas manobras. Seja a velocidade, o modo de posicionar os pés ou como o corpo deve estar para executá-la. Enfim, melhorei mais meu skate e aprendi mais manobras. Sem contar que cada aluno tem uma reciprocidade e aprendo muita coisa com eles também, nem sempre sobre skate, mas sobre a vida.

E como é a sensação de passar um pouco do que você sabe para a galera do projeto?

Mesmo sendo cansativo, passar um pouco do que sabemos para a nova geração do skate é muito prazeroso. O mais satisfatório é saber que alunos da nossa escolinha está executando uma manobra nova, conquistando um título num evento ou apenas com um sorriso contagiante após a sessão. Salientamos ainda a importância dos estudos a todos os alunos, incentivamos a não trazer os alunos que tiverem notas baixas ou não respeitarem os pais. Queremos formar atletas de rendimento, mas também, cidadãos conscientes.

Conheça mais o projeto aqui.

FOTO 3_ok

Fotos: Facebook/ Skateclubguaruja