A skatista norte-americana Samarria Brevard tem 21 anos e há sete anda de skate. Começou no “carrinho” por influência do irmão, de um amigo e já começa a se destacar nos eventos de renome mundial, como por exemplo o X-Games. Uma de suas importantes conquistas na carreira foi o Kimberly Diamond Cup, na África do Sul, onde a skatista da Califórnia conquistou o primeiro lugar no pódio. Atualmente Brevard filma partes de vídeos e, em 2015, quer evoluir ainda mais no skate.

Confira a entrevista da Samarria Brevard para o QIX MISSY e conheça um pouco mais sobre a skatista.

Quando você começou a andar de skate?

Comecei a andar de skate quando  eu tinha 14 anos, por causa do meu amigo e do meu irmão. Eles sempre andavam e eu não queria ficar para trás. Então, há sete anos, comprei meu primeiro skate e estou em cima dele até hoje.

 Qual foi a primeira manobra que você aprendeu?

A primeira manobra que eu aprendi, além do ollie, foi o pop shove-it. Eu fiquei muito feliz e isso me motivou a aprender outras manobras.

Como você conheceu a Lisa Whitaker?

Eu conheci a  Lisa em 2010, em Simi Valley (cidade vizinha de Los Angeles), em um evento chamado Super Girl Am Jam.  Ela me procurou depois que o evento tinha acabado, nós trocamos telefones e, desde aquele dia, nos tornamos amigas.

Como foi o seu primeiro campeonato?

O primeiro campeonato que eu corri foi o Free Flow Gatorade Tour, em 2010.  Foi nesse evento que eu descobri sobre o  Super Girl Am Jam.

Como foi a experiência de participar de um X-Games pela primeira vez?

A primeira vez que eu corri o X-Games estava muito nervosa. Foi o maior evento que participei na vida e passava ao vivo na TV. Eu conheço muita gente e todos estavam assistindo, fiquei com medo de cair.

3

Você está fazendo uma vídeo parte na rua? 

Minha parte está sendo filmada e sairá logo mais. Isso é tudo que eu posso dizer.

Você anda muito com os meninos, eles te dão um toque?

Para mim, andar com os meninos tem sido muito positivo. Tenho aprendido muito com eles, porque eles explicam tudo nos detalhes sobre como a manobra tem que ser executada. Só por ver eles se jogarem, eu quero também e isso me ajuda a evoluir bem rápido como skatista.

O que passou pela sua cabeça quando chamaram você para o pódio do Kimberly Diamond Cup, na África?

Foi um momento que jamais esquecerei. Foi muito emocionante escutar meu nome.

4

E o Double Rock na Thrasher como foi?

Nos últimos anos, a Mimi tem trabalhado muito em divulgar a Hoopla. Então, ela fez a ponte com a Thrasher. Eu fui e andei de skate depois de uma tour que fizemos para o Woodward em Lake Tahoe. Foi muito divertido.

Quais as manobras você está aprendendo?

Estou treinando várias, pois quero aprender muitas manobras ainda.

Qual o seu objetivo no skate?

O meu maior objetivo no skate é poder andar até eu não conseguir mais.

Quais são seus planos para 2015?

Continuarei andando e evoluindo no skate. Quero viajar muito, fazer minha parte de street e correr alguns campeonatos também.

1

Patrocínios:  Hoopla Skateboards, movietickets.com, Active Ride Shop, Stelth Headwear, Lakai, Bones Wheels and Bearings.

Skate que anda atual: shape da Hoopla, eixo da Thunder 147mm, rodas e rolamentos da Bones e parafusos da Diamond.

 

Por Ana Paula Negrão