Este mês a cidade de Nanquin (Nanjing) na China foi sede dos Jogos Olímpicos da Juventude, onde o skate está fazendo parte do laboratório de Esportes, onde estão estudando as possibilidades do skate entrar para as Olimpíadas em 2020 no Japão. Existe a possibilidade também de estar presente no Brasil, mas será muito difícil devido a vários fatores. E um deles, seria que o país aceitasse a modalidade na competição.

Devido a este novo passo que o skate está tomando, o Street League anunciou uma parceria semana passada com a ISF (Federação Internacional do Skate), e também anunciou que estão planejando fazer uma liga feminina de skate no Street League para um futuro próximo. As meninas convidadas para fazer parte do SPORTS LAB das Olimpíadas de Nanquin foram as brasileiras Karen Jones (vert), Letícia Bufoni (street) e norte americana Lizzie Armanto (vert). Já no street, convidaram a holandesa Candy Jacobs para ajudar nas clínicas onde as crianças chinesas presentes são introduzidas ao skate e podem até fazer uma aula de skate com as profissionais presentes no evento.

O skate é muito bem aceito por todos os outros praticantes de esporte que já estão tentando aprender a andar de skate. Sem contar com a diferença de que em todos os outros esportes o pessoal anda com a liga do país, já os skatistas estão sempre unidos indiferente do seu país de origem. Uma coisa é certa: se o skate realmente entrar para as Olimpíadas acredito que vamos fazer uma revolução nesta competição pois o skate une todas as pessoas. Confiram algumas fotos que fiz aqui nas Olimpíadas da Juventude de Nanquin.

Candy_Jacobs_OK IMG_8611_OK KAren_ensina_ok KAren_fans_ok Kelvin_ensina meninas_ok Lizzie_Armanto_ok

 

Fotos e texto por Ana Paula Negrão